ÓLEO DE BURITI (Mauritia flexuosa)

USOS E BENEFÍCIOS:

O Buriti possui uma composição muito rica, com um alto nível de vitaminas A, B1, B2, B5 e C, carboidratos, proteínas e outros elementos como o iodo, ferro, fósforo e cálcio. Outro elemento a ser destacado em sua composição são os carotenoides, dada as suas propriedades antioxidantes.

Para o cabelo:

O óleo de buriti possui alta capacidade de hidratação e por isso vem chamando a atenção de toda a indústria de cosméticos desde sua descoberta. Hoje, o buriti já pode ser visto na composição de shampoos, condicionadores, cremes e tratamentos hidratantes, finalizadores, mousses etc. Outro fato interessante em relação a estética é que o alto teor de betacaroteno encontrado no óleo de buriti ajuda muito os cabelos tingidos, fixando a cor por mais tempo, uma vez que o betacaroteno é um pigmento avermelhado e que ainda possui função antioxidante. Por ser um óleo muito hidratante, algumas gotas do óleo de buriti no cabelo já conseguem deixá-lo hidratado sem deixar os fios pesados, e, além de hidratar, tem efeito anti-frizz, deixando o cabelo mais modelado e controlado.

Para a pele:

Funciona como protetor solar: o óleo de buriti consegue evitar a absorção de raios ultravioleta, sendo ainda indicado para a cicatrização da pele em casos de queimadura, ajudando na regeneração. Com seu alto poder de hidratação, o óleo de buriti consegue deixar a pele mais bonita, macia e sedosa.

Outros benefícios do buriti para a saúde:

O óleo de buriti é comestível e usado na fritura de alimentos.  Ajuda no tratamento de doenças vasculares, previne problemas na visão como a catarata e melhora o sistema imunológico.

Como usar o óleo de Buriti:

O óleo de buriti puro possui um alto teor de carotenoides, e por isso não deve ser usado puro diretamente na pele ou no cabelo. Ao adquirir o óleo de buriti puro, misture uma parte dele em 10 partes de outro óleo vegetal de sua escolha.

ESPECIFICAÇÕES:

NOME: ÓLEO DE BURITI

INCI LISTING: Mauritia Flexuosa fruit oil

NOME CIENTÍFICO: Mauritia flexuosa

PAÍS DE ORIGEM: Brasil

CÓDIGO DO PRODUTO: G009 – 5,0L / G010 – 10,0 L

MÉTODO DE MANUFATURA: prensado a frio

NÚMERO DO CAS: 394239-67-9

NÚMERO EINCS: 284-877-7

CÓDIGO DE TARIFAS ADUANEIRAS / NCM: 1515 90 40 00

TAMANHOS DA EMBALAGEM: 5,0 L – 10,0 L

EMBALAGEM SECUNDÁRIA: (caixa de papelão com 2 x 5,0 L – 1 x 10,0 L)

ARMAZENAGEM: manter a embalagem bem fechada, armazenada em local fresco, ventilado e protegido da luz. Os frascos são apenas refil, sendo indicada a transferência para embalagem de vidro âmbar.

PRAZO DE VALIDADE: em condições normais de armazenamento, 24 meses após a fabricação.

ÓLEO DE BURITI – ESPECIFICAÇÕES
CARACTERÍSTICAS UNID VALORES
Aparência (25 oC) líquido
Cor vermelho
Odor característico
Índice de acidez mg NaOH/g 4,0 – 4,8
Índice de peróxido meq O2/kg < 10,0
Índice de iodo g I2/kg 50 – 75
Índice de saponificação mgKOH/g 180 – 200
Índice insaponificável % 3 – 4
Densidade  25 oC g/ml 0,9261
Índice de refração (40 oC)   1,465
Ponto de fusão oC 25 – 28

ÁCIDOS GRAXOS

Ácido valérico % Peso 0,6 – 1,0
Ácido palmítico (C16:0) % Peso 14,0 – 19,0
Ácido esteárico (C18:0) % Peso 1,5 – 6,0
Ácido oleico (C18:1 – ômega 9) % Peso 55,0 – 75,0
ácido linoleico (C18:2 – ômega 6) % Peso 10,0 – 15,0
Ácido linolênico (C18:3 – ômega 3) % Peso 0,5 – 1,5
Saturados % 22
Insaturados % 78

DESCRIÇÃO BOTÂNICA:

Buriti é uma palmeira (Mauritia vinifera e M. flexuosa) que ocupa áreas extensas do Brasil central e planícies alagadas da Amazônia. É uma árvore que pode atingir até 35 metros de altura e forma folhas grandes com uma coroa arredondada. As flores são de cor amarelada e aparecem de dezembro a abril. É elipsoidal em forma de fruta, de cor castanha e sua superfície é revestida com escamas brilhantes. A polpa amarela cobre uma semente oval dura, cuja amêndoa é comestível e a frutificação ocorre de dezembro a junho. A palmeira buriti ocorre naturalmente sozinha ou em comunidades, o que exige um suprimento abundante de água no solo. A palma é uma espécie dióica, plantas que formam indivíduos masculinos e femininos. Somente aqueles com flores femininas frutificam. Cerca de 60 palmeiras femininas e 80 masculinas de buriti podem ser encontradas em um hectare. Uma palmeira adulta pode produzir até 200 kg de frutas, que podem ser processadas em 30 kg de farinha ou finalmente extraídas em 5 a 6 litros de óleo (a farinha contém 22% de óleo). Supondo uma média de 60 palmeiras de buriti por hectare, 300 a 360 litros de óleo podem ser extraídos.

JAN

FEV

MAR

ABR

MAI

JUN

JUL

AGO

SET

OUT

NOV

DEZ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 PERÍODO DE COLHEITA

 

 BAIXA ESTAÇÃO

 

 

REFERÊNCIAS:

Albuquerque, M. et al.: “Caracterização do óleo de Buriti (Mauritia flexuosa L.) por espectroscopia de absorção e emissão”; J. Braz. Chem. Soc. vol.16, no.6a, São Paulo nov./dez, 2005.
Koolen, H. et al.: “Atividades antioxidantes, antimicrobianas e caracterização de compostos fenólicos de buriti (Mauritia flexuosa L. f.)” Por UPLC –ESI-MS / MS; Food Research International 51, pp. 467 –473, 2013.
https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0963996913000665.
Morais, LR: Banco de Dados Sobre Espécies Oleaginosas da Amazônia, não publicado.
Shanley, P. et. al.: Frutíferas e plantas úteis na vida amazônica, CIFOR, IMAZON, Editora Supercores, Belém, p. 300, 2005.
Soares Batista, J. et al.: “Atividade antibacteriana e cicatrizante do óleo de buriti Mauritia flexuosa L.” Ciência Rural, Santa Maria, Online, ISSN 0103-8478, v.42, n.1, jan, 2012.
Zanatta, M. et al.: “Potencial fotoprotetor de emulsões formuladas com óleo de Buriti (Mauritia flexuosa) contra a radiação UV em linhas celulares de queratinócitos e fibroblastos”; Food and Chemical Toxicology, Volume 48, Edição 1, Janeiro de 2010, pp. 0-75 https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0278691509004256.